segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Janelas de mim




"Entre muitas outras coisas, tu eras para mim uma janela através da qual podia ver as ruas. Sozinho não o podia fazer."

Franz Kafka



Sem comentários:

Enviar um comentário