quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

2012




"O dia depois de amanhã será o dia das artes, da escrita
e da música. Dia de brilhar a gramática, e a maturidade.
Corpo de árvore e de mãe, sopro dos vivos que estão vi-
vos. Dia que mexerá no sangue, nos livros, no começo
das coisas. O dia dos que lavram, dos que colhem, o dia
sim, o dia sempre, primeiro dos dias limpos, amplos, in-
finitos. Por isso, amanhã não será o dia. Não será o pro-
dígio. Não será a vertigem. Amanhã é a mesma ferida de
hoje, sem fogo, sem cura, sem coragem.
Voto no dia depois de amanhã. Voto em cada coisa que
se expõe numa aura de luz, voto no poder do amor e no
poder do fogo, no âmago e no corpo da canção. Voto em
tudo o que se prolonga e se diverte. Voto na imaginação.
Voto no início e no fim dos equilíbrios. E voto na memó-
ria do futuro.
Porque no dia depois de amanhã acreditarei em ti. E em
mim. E no perfume das vozes que hoje cantam em silên-
cio."
Joaquim Pessoa

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Desilusão



"Desilusão é quando anoitece em você contra a vontade do dia."
Adriana Falcão

domingo, 25 de dezembro de 2011

Cansada




"Estou cansado, é claro, 
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado. 
De que estou cansado, não sei: 
De nada me serviria sabê-lo, 
Pois o cansaço fica na mesma. 
A ferida dói como dói 
E não em função da causa que a produziu. 
Sim, estou cansado, 
E um pouco sorridente 
De o cansaço ser só isto — 
Uma vontade de sono no corpo, 
Um desejo de não pensar na alma, 
E por cima de tudo uma transparência lúcida 
Do entendimento retrospectivo... 
E a luxúria única de não ter já esperanças? 
Sou inteligente; eis tudo. 
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto, 
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá, 
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa." 

Álvaro de Campos

sábado, 24 de dezembro de 2011

Aos Amores Maiores da minha Vida

"Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. 
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. 
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril."
Oscar Wilde

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

...



"Temos de ir à procura das pessoas, porque podem ter fome de pão ou de amizade."

domingo, 18 de dezembro de 2011

E foi.




"O teu coração disse para a tua cabeça, vá, 
e a tua cabeça disse para a tua coragem, vou, 
e a tua coragem respondeu, 
não vou nada, 
mas a tua boca não ouviu e beijou."

Adriana Falcão

...



"Liberdade de voar num horizonte qualquer, liberdade de pousar onde o coração quiser."

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Sem palavras



"Tenho pensamentos que não  posso traduzir em palavras."
Lispector

.



"Minha vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor."


terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Um dia vou morrer por excesso de sensibilidade




" A vida é como a música. Deve ser composta de ouvido, com sensibilidade e intuição, nunca por normas rígidas."
Samuel Butler

domingo, 11 de dezembro de 2011

Tejo


Hoje fui ao encontro do rio e pusemos a conversa em dia

sábado, 10 de dezembro de 2011

A personagem que saiu da história


"Palavras nuncam mudam de ideia"
Adriana Falcão

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

...



"Eu que prezo tanto a lógica, não entendo mais nada, mergulhei no escuro da minha perplexidade."

Martha Medeiros

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Amar'ela


"Muito é quando os dedos da mão não são suficientes."
Adriana Falcão 

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Às vezes há tanta dificuldade em oferecer movimentos




"Amizade é quando você não faz questão de você e se empresta aos outros."



                                  
  "Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego."




"Prudência é um buraco de fechadura na porta do tempo. " 


         


"Desatino é um desataque de prudência." 



       
Adriana Falcão

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Se...



"Se um dia, a nossa luz da amizade se apagar, foda-se irmão,a gente acende uma vela."
Bob Marley

domingo, 4 de dezembro de 2011

Essência




" Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"
Antoine de Saint-Exupéry

sábado, 26 de novembro de 2011



"A liberdade não é meramente tirar as correntes de alguém; mas sim viver de uma forma que respeite e aumente a liberdade dos outros."
Nelson Mandela

Hoje preciso de um amigo para conversar com o coração





"Faça com que a minha solidão me sirva de companhia.
Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se tivesse plena de tudo.
Receba em teus braços meu pecado de pensar."
C.Lispector

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Todos os dias...



"Todos os dias, quando acordo, vou correndo tirar a poeira da palavra amor..."
C.Lispector

domingo, 13 de novembro de 2011

Demais...



Madruguei demais. Fumei demais. Foram demais 
todas as coisas que na vida eu emprenhei. 
Vejo-as agora grávidas. Redondas. Coisas tais, 
como as tais coisas nas quais nunca pensei. 

Demais foram as sombras. Mais e mais. 
Cada vez mais ardentes as sombras que tirei 
do imenso mar de sol, sem praia ou cais, 
de onde parti sem saber por que embarquei. 

Amei demais. Sempre demais. E o que dei 
está espalhado pelos sítios onde vais 
e pelos anos longos, longos, que passei 

à procura de ti. De mim. De ninguém mais. 
E os milhares de versos que rasguei 
antes de ti, eram perfeitos. Mas banais. 

Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum' 

sábado, 12 de novembro de 2011



"Depois de estar cansado de procurar
Aprendi a encontrar.
Depois de um vento me ter feito frente
Navego com todos os ventos."
Friedrich Nietzsche


sexta-feira, 11 de novembro de 2011

...




Que eu saiba reproduzir na alma a imagem que entra pelos meus olhos." 

(Oswaldo A. Begiato)

domingo, 6 de novembro de 2011

Ser


 "Liberdade significa a oportunidade de ser o que nunca pensávamos que seria. "


terça-feira, 1 de novembro de 2011

Saudade





Acredito em saudade, sei o quanto uma ausência pode doer, provocar contração muscular e até náusea. 
Ausência física, ausência da voz e do cheiro, das risadas e do piscar de olhos, saudade da amizade que ficará na lembrança e em algumas fotos”
Martha Medeiros


domingo, 23 de outubro de 2011




"Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. 
Temos que respeitar a nossa fraqueza. 
Então, são lágrimas suaves, 
de uma tristeza legítima à qual temos direito. 
Elas correm devagar e quando passam pelos lábios 
sente-se aquele gosto salgado, límpido, 
produto de nossa dor mais profunda." C.L

sexta-feira, 21 de outubro de 2011




“Um sonho deixará de existir quando deixarmos de 
sonhar, o sorriso quando deixarmos de sorrir, as 
aventuras quando deixarmos de nos aventurar, um amigo 
quando deixarmos de ser amigo, de aprender quando 
deixarmos de procurar, as estações do ano quando 
deixarmos de as notar, por isso, há coisas que perduram 
enquanto lhes soubermos retribuir.”



                                                                        O Principezinho  Saint-Exupéry

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Loverdose

"O segredo é ter olhos verdes e ninguém saber"









quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Olhos nos Olhos


"Comigo você falará sua alma toda, mesmo em silêncio. Eu falarei, um dia, minha alma toda, e nós não nos esgotaremos porque a alma é infinita."
C.Lispector



sábado, 8 de outubro de 2011

Guardião do Rio



"Preciso ter paciência porque sou vários caminhos, inclusive o beco sem saída."
C.Lispector


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Dor




"Todo mundo é capaz de dominar uma dor, excepto quem a sente."
William Shakespeare

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

domingo, 2 de outubro de 2011

Mar de Outono





"Está fazendo um lindo dia de Outono.
 A praia estava cheia de um vento bom, de uma liberdade. 
E eu estava só e naqueles momentos não precisava de ninguém. Preciso aprender a não precisar de ninguém. É difícil, porque preciso repartir com alguém o que sinto. 
O mar estava calmo. Eu também, mas à espreita, em suspeita, como se essa calma não pudesse durar. 
Algo está sempre por acontecer. O imprevisto me fascina!"

C.Lispector

sábado, 1 de outubro de 2011

O meu canto tem as cores do Mundo



"Limpo é o dia lavado pela areia branca, e gelada no mar roda a espuma,
 e nesta desmedida solidão sustenta-se a luz do meu livre-arbítrio(...) "
Pablo Neruda 








"O mundo é feito de pontos. 
                                                       São muitos se forem pontos de vista.
                                                 Poucos se forem pontos estratégicos. 
Muito húmidos se forem pontos de chuva. 
O mais gostoso é ponto de encontro, mas às vezes desencontra. 
Ou pontos de luz, um homem e uma mulher nus. 
Todos são pontos. O caminho entre dois uma recta. 
Uma linha. Um caminho que caminha sozinho. Fim da linha.
 Ou do fio. Fio da meada é na conversa. 
Conversas são feitas de pontos de enfoque. O palco também. 
Amores são pontos em comum. Os pontos são um."
Estrela Ruiz Leminski